29 de setembro de 2013

Unknown by Letty A.

| |


CAPÍTULO 01
P.O.V. Cullen


Tínhamos acabado de nos mudar para Forks. Digamos que não tinha como chamar aquilo de cidade, era muito pequena. Mas digamos que o clima era até gostoso, não era muito diferente das outras cidade em que moramos. Chuva, mato e mais chuva.
A casa que Esme tinha comprado ficava mais afastada das outras. Tinha uma floresta na frente dela e atrás também. A casa era toda de vidro, a escada de entrada era de madeira, igual a porta, nos fundos da casa tinha um jardim cheio de flores, cada quarto tinha uma varanda. A varanda do meu quarto era virada para trás da casa.
Alice abriu a porta de casa, e eu subi correndo as escadas que ia para o segundo andar. O corredor era gigante, tinha várias portas, cada uma tinha um nome. A minha porta ficava de frente para a escada que ia para o porão.
Logo que abri minha porta do quarto, quase tive um treco. Ele era como aqueles quartos de antigamente. Era uma réplica do quarto do Damon Salvatore, o vampiro sexy e irônico do meu primo.
Damon Salvatore e seu irmão, Stefan Salvatore, são de uma espécie diferente de vampiros. Eles são parecidos com humanos, mas eles não envelhecem, bebem sangue, só morrem com uma estaca no coração e queimam no sol, mas graças a um anel feito por uma bruxa, eles podem andar ao sol.
Já meus pais e meus irmãos, são diferentes, pois eles são frios, só morrem arrancando parte por parte do corpo e depois tacando fogo, eles brilham no sol, por isso só moram em lugares nublados e chuvosos.
Joguei minha bolsa em cima da cama, e peguei meu Diário. Nunca gostei dessa coisa de escrever minha vida pessoal em um diário, mas desde que Stefan viu que eu estava fascinada com o diário dele, ele resolveu dar um de presente para mim e minha prima .
era humana, tinha sido encontrada junto comigo. Elena Gilbert tinha ficado fascinada com ela, então Carlisle tinha dado para ela.
Elena Gilbert era uma ”ex-humana”. Ela tinha sido transformada em uma vampira pelo sangue do Damon. Ela estava com o sangue dele no organismo quando “morreu.” Eu não ia muito com a cara dela no começo, pois ela tinha feito meus primos brigarem por causa dela, igual a vadia da Katherine Pierce. Elena era a copia de Katherine, antigo amor de meus primos.
Larguei meu Diário para lá e peguei meu caderno de música, uma caneta e meu violão. Sai do quarto com meu violão na mão direita, uma caneta e um caderno na mão esquerda. Quando cheguei na sala encontrei Alice falando alguma coisa sobre, Shopping.
Quando eu vi que a conversa era sobre shopping, eu ia sai correndo dali só que Alice foi mais rápida e apareceu na minha frente.
-Dessa vez você não precisa ir.- Alice falou saindo da minha frente.
-Por quê?- Perguntei estranhando.
A segui até a porta da frente.
-Porque o pessoal foi caçar e precisamos que alguém fique em casa. –Alice respondeu entrando no banco do carona.
-E vocês não vão caçar, por quê?- Perguntei me referindo a ela e Jasper.
-Nós nos alimentamos um dia antes da viagem.- Jasper respondeu dando partida no Volvo de Edward.
Entrei em casa de novo e tranquei a porta, subi as escadas de novo e caminhei até a sala de música.
A sala de música parecia um sonho, tinha todo tipo de instrumento musical. Coloquei meu caderno e minha caneta em cima do sofá branco, coloquei o violão encostado na parede e fiquei olhando para o meu antigo violino.
Me sentei no sofá e fiquei observando o violino. Fiquei relembrando o tempo em que eu tocava.

Capítulo 02

Acordei no chão do meu quarto. Não me lembro de ter vindo para o quarto depois da sala de música. Meu pescoço estava doendo muito. Bem no local aonde...
Corri até o espelho do meu banheiro e comecei a procurar sinais de agressão no meu pescoço ou alguma mordida de vampiro, mas não encontrei nada.
-Tinha sido apenas um pesadelo.- Falei para mim mesma jogando a água fria que caia da torneira no meu rosto.
Fechei a porta do banheiro, tirei a roupa da noite passada e joguei no cesto de roupa suja, entrei no box e abri o chuveiro.
(...)
Descia as escadas e encontrei meus irmãos e meus pais conversando animadamente na sala. Engraçado, eles são vampiros, seres sobrenaturais que muitos dizem serem criaturas das trevas sanguinárias que não sentem emoção e não pensam como os seres humanos. Mas olhem só, eu moro com vampiros vegetarianos, que pensam muito bem e sentem emoção.
-Está rindo de que, pequena?- Meu querido irmão grandão perguntou.
-De como você é gigante, Emmett.- Respondi me sentando no meio do sofá, fazendo com que Edward ficasse do meu lado esquerdo e Alice do lado direito.- Mas então, quando que começam as aulas?
-Já esta animada para seu primeiro dia em uma escola nova?- Rosalie perguntou.
-Não, só quero me preparar emocionalmente para começar a estudar em uma escola cheia de gente deprimida igual ao tempo lá fora.- Falei apontando para a chuva que caia do lado de fora da casa.- Mas deixando isso de lado, como eu fui parar no meu quarto?- Perguntei.
-Você estava dormindo no chão da sala de música quando eu e Jasper chegamos do Shopping, então eu pedi a ele para lhe colocar no seu quarto. –Alice respondeu.
-Obrigada. –Falei.
-Então maninha, esta a fim de jogar uma partida de PS3 comigo? –Emm perguntou se levantando do sofá.
-Cla... –Esme me interrompeu.
-Primeiro a senhorita vai lanchar, porque da última vez que você foi jogar “uma” partida de PS3 com Emmett, não lanchou, não almoçou e nem jantou!
-Sim, senhora! –Falei me levantando do sofá e bati continência para ela.
Eu segui Esme até a cozinha, me sentei na cadeira do balcão e fiquei vendo ela cozinhando. Sempre gostei de observar as pessoas cozinhando, principalmente se era minha mãe.
O cheiro estava ótimo!
-Aqui está, querida. –Esme em menos de 5 segundos, arrumou o balcão para eu lanchar.
- Obrigada, mamãe.- Falei beijando a bochecha gelada dela.
(...)
Passei o dia inteiro jogando PS3 com o Emmett, Alice e Rosalie ficaram lendo revistas de moda na sala, Edward ficou tocando piano na sala, Jasper ficava rindo de mim e de Emmett quando a gente ficava um xingando o outro, Esme tinha saído para fazer compras no mercado, e Carlisle tinha ido para o hospital trabalhar.
Quando deu 21:43 da noite Esme mandou eu ir tomar banho para dormir. Me despedi de todos com um boa noite e um beijo na bochecha e fui para o quarto.

9 comentários:

  1. Wow, adorei! Sou louca no Damon, tenho até uma fic com ele, não deu pra ver muito, mas já espero que a pp fiquei ou tenha um rolo com ele, haha. :D

    ResponderExcluir
  2. Ameei , continua linda

    ResponderExcluir
  3. ADOREI ESTA MUITO BOA,POR FAVOOOOOOOOOOR,CONTINUA.

    ResponderExcluir
  4. Oooooooow q fic perfeitaaaa men!

    continua diva pff!❤

    ResponderExcluir